Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
17.12.2019 • Economia

Edital para usina de fertilizantes será publicado em fevereiro

640x480_ce1351cf5b60d840c9de45a82e6ace75

Campo Grande (MS) – Com expectativa de projeto que resolva o impasse do fornecimento de gás à UFN3, a usina de fertilizantes inacabada de Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande, o governo de Mato Grosso do Sul quer lançar novo edital para venda em fevereiro. Segundo o titular da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, a retomada das obras devem começar apenas em 2021.DE

O secretário comentou sobre o impasse do gás e afirma que tanto a Petrobras – que quer deixar a participação acionária no negócio – quanto a MS Gás podem constar no novo edital como fornecedoras do insumo.

“O grupo russo que até então participava manifestam interesse que irão participar novamente desse processo licitatório. A discussão que nós estamos fazendo hoje é a questão do gás. A MS gás tem feito uma análise, talvez ela se posicione que ela poderia fornecer esse gás para a UFN3, que foi onde deu problema, ou no próprio edital já vai estar colocado que a Petrobras fornece o gás. Essa é a discussão que nós estamos fazendo com a Petrobras, em fevereiro a Petrobras já coloca que reinicia o edital”, disse.

A previsão para bater o martelo sobre a compradora é “agosto ou setembro” do próximo ano e a retomada das obras, só em 2021. “Nós tínhamos, até na nossa expectativa, dentro da nossa projeção, que a UFN3 retomasse as obras na partir de fevereiro e poderia compor a evolução do PIB do Estado. O edital foi cancelado, nesse momento estamos na estaca zero novamente, sob o ponto de vista de venda”, avaliou Verruck.

A expectativa é atrair mais players, condicionado, na avaliação do secretário, não só ao estabelecimento do fornecimento de gás, mas à separação da UFN3 do projeto de venda da Araucária Nitrogenados S.A (ANSA), no Paraná.

“Nós achamos o seguinte, com a reformulação, se o edital sair com a separação da ANSA que é lá no Paraná e se o edital sair com a garantia do gás por algum player, seja pela Petrobras, seja pela MS Gás, nós acreditamos que vão ter outros players além da Acron interessados”, disse Verruck.

Entenda – Dada, praticamente, como certa, a venda da usina de fertilizantes nitrogenados para o grupo russo Acron teve as negociações fracassadas. O anúncio foi feito pela Petrobras no dia 26 de novembro. Em nota, a Petrobras informou que permanece com posicionamento estratégico de “sair integralmente dos negócios de fertilizantes”, com objetivo de manter a “otimização do portfólio e a melhoria de alocação do capital da companhia”.