Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
19.09.2019 • Tributos

Gasolina e diesel terão aumento, anuncia Petrobrás

gas_e_diesel

Campo Grande (MS) – A Petrobras anunciou o aumento de 3,5% no preço da gasolina – o equivalente a R$ 0,0596 por litro -, e alta de 4,2% ou R$ 0,0596 por litro do diesel. Os novos valores já entram em vigor nesta quinta (19), mas o repasse às bombas ainda depende de políticas comerciais de postos e distribuidoras.

Em Mato Grosso do Sul a estimativa inicial do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes), era de que o reajuste resultasse em um aumento de 8% e 10%. 

Conforme o jornal Folha de São Paulo o valor cobrado pela Petrobras na venda de gasolina equivale a cerca de 30% do preço final. No caso do diesel, o valor de venda da empresa equivale a 50% do preço de bomba. 

O aumento dos preços é resultado dos ataques às instalações petrolíferas da Arábia Saudita, no último sábado (14). Na segunda-feira (16), após aumento de 13% nas cotações internacionais, a estatal havia informado que esperaria o mercado se acalmar para definir por reajustes. 

Na terça (17), depois que o governo da Arábia Saudita anunciou que a retomada da produção seria mais rápida do que o esperado, a cotação do petróleo tipo Brent, negociado em Londres e usado como parâmetro internacional, caiu 6,5%. Nesta quarta, caiu mais 1,8%. 

Os ataques levaram à interrupção de uma capacidade de produção de 5,7 milhões de barris por dia, o maior corte da história, superando o ocorrido no segundo choque do petróleo, no fim dos anos 1970, quando o Irã suspendeu sua produção em meio à revolução islâmica. 

É o terceiro reajuste no preço do diesel este mês —o combustível já havia sido reajustado nos dias 5 e 13 de setembro. A gasolina não era ajustada desde o último dia 5.