Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
16.10.2018 • Economia

Petrobras mantem preço nas refinarias, mas valor avança

bomba_de_combustivel

Campo Grande (MS) – O preço médio do litro da gasolina  ficou estabilizado nas refinarias, disse a Petrobras.  O valor, válido para a quarta-feira, dia 17, ficou estabelecido em R$ 2,1490. Além disso, a estatal manteve sem alteração o preço do diesel, em R$ 2,3606, conforme tabela disponível no site da empresa estatal. 

No último dia 6 de setembro, a diretoria da companhia petrolífera anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar. 

Contraditório 

Na contramão do que anunciou a Petrobras, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) disse que os preços da gasolina, do diesel e do etanol encerram a semana passada em alta. O preço da gasolina ao consumidor subiu 0,47%, para R$ 4,722, e renovou a máxima do ano. Foi o sétimo aumento seguido. A ANP chegou a encontrar o litro da gasolina vendido a R$ 6,290. 

A alta foi registrada apesar da Petrobras ter reduzido o preço da gasolina vendida às distribuidoras em 3,02% no período, de R$ 2,2159 em 5 de outubro para R$ 2,1490 no dia 12 do mesmo mês. 

A pesquisa também mostrou que o preço do diesel avançou 1,23% na semana. O litro do combustível chegou a R$ 3,712. Também foi o sétimo aumento consecutivo. 

No acumulado do ano, o preço da gasolina subiu 15,20%, o diesel avançou 11,61%, e o do etanol registrou pequeno aumento de 0,07%.