Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
27.11.2018 • Governo-MS

Sindifisco e Adepol se unem no combate à corrupção e evasão fiscal

ronaldo_parabeniza

Campo Grande (MS) - Com o objetivo de fortalecer a Polícia Judiciária Brasileira nas ações de investigação e apuração das infrações penais, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Mato Grosso do Sul (Sindifisco-MS) e Associação dos Delegados de Polícia de Mato Grosso do Sul (Adepol-MS), promovem no próximo dia 7 de dezembro o II Painel de Direito de Polícia Judiciária.

Na ocasião, serão debatidos pelos especialistas e participantes temas como: investigação criminal, aperfeiçoamento do inquérito policial e a importância da integração entre a Polícia Judiciária e o Fisco no combate à evasão fiscal, corrupção e recuperação de ativos. De acordo com a presidente da Adepol, delegada Regina Márcia Rodrigues, a objetivo principal é combater o avanço da criminalidade, violência, crescimento das organizações criminosas e o desvio de recursos públicos.

“Os temas escolhidos encontram-se entre os embates mais acalorados e palpitantes no mundo político e jurídico. Nosso evento foi criado com objetivo de fomentar a doutrina do Direito de Polícia Judiciária e a discussão acerca de medidas e estratégias para o fortalecimento da Polícia Judiciária Brasileira no cumprimento de seu papel institucional de investigar e apurar as infrações penais, no combate ao crescimento das organizações criminosas e desvio de recursos públicos”, pontuou.

Para o presidente do Sindifisco, auditor fiscal Ronaldo Vielmo, a união entre as categorias no combate à corrupção e a evasão fiscal promove a integração e o fortalecimento do Estado, possibilitando uma melhora na entrega de políticas públicas à sociedade. Vielmo citou o informe anual da Organização das Nações Unidas (ONU), o qual revelou que somente em 2015 a evasão somada à sonegação fiscal de empresas brasileiras chegou a 27% do total que o setor privado deveria pagar em impostos no Brasil, o equivalente a cerca de R$ 500 bilhões.

Entre os palestrantes estão o delegado de polícia (PCPR) e professor, premiado como melhor Delegado de Polícia do Brasil, Henrique Hoffmann, com o tema “O inquérito policial sob uma perspectiva moderna e sua indispensabilidade”; e o delegado de polícia da Divisão de Combate à Corrupção da Polícia Civil do Paraná, Gustavo Mendes Marques de Brito, com a palestra “Da importância da integração entre a Polícia Judiciária e o Fisco no combate à evasão fiscal e a corrupção”.

Os interessados em participar devem se inscrever por meio do site https://doity.com.br/ii-painel-de-direito-de-policia-judiciaria. O painel tem o preço de R$ 70,00 para profissionais e R$ 35,00 para acadêmicos. Para desconto de meia-entrada, os acadêmicos devem entrar em contato com a secretaria da Adepol-MS, por meio do telefone (67) 3326-4334.

 

Serviço: II PAINEL DE DIREITO DE POLÍCIA JUDICIÁRIA;

Data:  07 de dezembro de 2018;

Local: auditório da ADEPOL, Rua Delegado Robinson Benedito Maia, nº 321, Bairro Carandá Bosque II;

Horário: 13h as 17h40.