Rua Aporé, 19 - Bairro Amambai - CEP 79005-360 - Campo Grande-MS (67) 3325-6640
06.06.2019 • Tributos

Paulo Paim defende importância da reforma tributária no Brasil

paim_pedro_franca_agsenado

Campo Grande (MS) - Em pronunciamento no Plenário na manhã desta quinta-feira (6), o senador Paulo Paim (PT-RS) destacou a importância do debate sobre a reforma tributária para que haja maior equilíbrio na distribuição de renda e maior retorno social. 

— Conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, os brasileiros estão entre os que mais pagam imposto no mundo e são os que menos recebem retorno de serviços públicos —  pontuou. 

De acordo com o senador, o Brasil está em último lugar em ranking sobre o retorno de serviços, principalmente no campo social, como saúde, transporte, segurança e educação. 

— Gostaríamos de ver o governo tributando mais a renda, o patrimônio e o lucro, no lugar de tributar cada vez mais o consumo. Ou seja, os alimentos e os produtos de primeira necessidade. Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras — ressalta Paim. 

Paim lembra também que 30% da renda do Brasil está concentrada na mão de 1% da população, ou seja, a maior concentração de renda do mundo. Para ele, a reforma tributária é essencial para combater as desigualdades sociais no país. 

— Buscamos propostas justas, equilibradas, realistas e a reestruturação do sistema tributário. Buscamos uma reforma tributária solidária e progressiva. Quem ganha mais, pague mais; quem ganha menos, pague menos. É preciso aumentar as bases de incidência da tributação sobre a renda, sobre o patrimônio e sobre as transações financeiras, principalmente, e reduzir a incidência tributária sobre a folha de salários e sobre os bens e serviços, e, consequentemente, sobre alimentação — destaca o senador.